Menu

RADIOOSEMEADOR.COM
As Melhores Vc Ouve Aqui!
Programas (Ao Vivo)     

Área bombardeada da Síria

07 MAR 2018
07 de Março de 2018


Áreas inteiras da região síria de Ghouta Oriental, nos arredores da capital Damasco, foram arrasados, e milhares de famílias tiveram de deixar suas casas em meio a uma operação do governo para retomar essa região, que está nas mãos de rebeldes.

"Pausas humanitárias" no conflito realizadas diariamente, por ordem da Rússia, aliada do governo sírio, não interromperam o derramamento de sangue. Hospitais, escolas e lojas foram atingidos por ataques aéreos e terrestres.

Segundo o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, a população local está vivendo um "inferno na terra". 

Houve um cessar-fogo assinado com a ONU no último sábado, mas a oposição ao governo sírio acusa forças leais ao presidente Bashar al-Assad de terem utilizado gás cloro (de poder tóxico) nos bombardeios aéreos contra os cerca de 400 mil moradores de Ghouta Oriental.

 


Os ataques recentes estão entre os mais intensos já ocorridos no conflito, que começou em 2011. Segundo a ONU, mais de 580 pessoas foram mortas desde 18 de fevereiro. No total, de acordo com estimativas do Centro Sírio de Pesquisas Políticas (SCPR, na sigla em inglês), 470 mil pessoas já morreram desde o início da guerra. Houve um cessar-fogo assinado com a ONU no último sábado, mas a oposição ao governo sírio acusa forças leais ao presidente Bashar al-Assad de terem utilizado gás cloro (de poder tóxico) nos bombardeios aéreos contra os cerca de 400 mil moradores de Ghouta Oriental. (Fonte: http://www.bbc.com/portuguese/internacional-43257365)

Como os brasileiros podem ajudar os sírios

Os ataques recentes estão entre os mais intensos já ocorridos no conflito, que começou em 2011. Segundo a ONU, mais de 580 pessoas foram mortas desde 18 de fevereiro. No total, de acordo com estimativas do Centro Sírio de Pesquisas Políticas (SCPR, na sigla em inglês), 470 mil pessoas já morreram desde o início da guerra.

Outras organizações

A Médicos Sem Fronteiras (MSF) não tem, no momento, campanhas de doações específicas para a Síria, mas, assim como várias ONGs, realiza um forte trabalho no país e em vários outros onde há conflitos, como a Nigéria.

Voltar


Todos Os Direitos Reservados  
RADIOOSEMEADOR.COM

Tenha você também a sua rádio